Wooden Textiles

26.9.16

“Madeira têxtil”, “Têxteis de madeira”, “Madeira que vira tecido”... não achei que nenhum dos nomes  fosse apropriado para o título do post, daí que apostei no nome original, dado por Elisa Strozyk, a designer e autora desta linha de produtos que mistura madeira e tecido. 
Elisa acrescenta à madeira propriedades têxteis, tornando este um projecto inovador - característica muito apreciada nos dias de hoje. Contudo, confesso que foi o lado romântico que me prendeu.



Numa sociedade que substituiu as cartas pelas mensagens electrónicas e que parece que tudo está à distância de um botão, diz Elisa que  “dar a devida importância às superfícies que desejamos sentir pode-nos ligar ao mundo material e aumentar o valor emocional de um objecto”. Eu também acho.


Wooden textiles procura transmitir uma nova experiência táctil, no sentido que em estamos habituados a sentir a madeira como um material rígido, sabemos qual a sensação de caminhar sobre a mesma ou de a tocar, mas não estamos acostumados com uma superfície de madeira que possa ser moldada com as mãos. 
O processo consiste em cortar peças triangulares e colá-las sobre uma base têxtil que dependendo do tamanho e da forma, mostrará um comportamento diferente em relação à flexibilidade e maleabilidade. No fim, pode ter vários usos, de tapetes e almofadas a cobertores e até roupa.

Fonte: Archdaily
Fotos: Studio Been


Tricotar

21.9.16

A poucas horas de entrarmos oficialmente no Outono, venho falar-vos publicamente de um desafio que coloquei a mim mesma: aprender a tricotar. 
Sei incrivelmente pouco, ao ponto de nunca ter conseguido decorar o que é o ponto de "meia" e o de "liga", já fiz dois cachecóis para mim, o último deles em canelado levou-me um Inverno inteiro (!), mas gosto, embora nunca lhe tenha dedicado muito tempo e já me tenha lançado este mesmo desafio um par de vezes. A novidade é que estou mais do que nunca determinada a levar a melhor desta vez, motivada por mil ideias de Pinterest para pequenas criaturas. 
E já que falamos em Pinterest, criei este moodboard que está em permanente actualização, por isso se tiverem imagens de projectos bonitos para a troca, enviem-me.
Voltando ao tricot, como sou de "baby steps" e não me consigo aventurar logo em grandes complicações, o primeiro projecto é um cachecol para a mini pessoa lá de casa, em lã portuguesa - a João da Rosa Pomar - toda no mesmo ponto (o mais fácil para mim) e com riscas para treinar a mudança de cor. 
Alguém desse lado com desafio idêntico? Contem-me e mostrem-me tudo!