yoga

22.1.15

Não me recordo ao certo quando comecei a fazer yoga, já lá vão uns anos, ainda que de uma forma intermitente, principalmente por razões profissionais. No entanto, mesmo quando não ia, tentava colocar em prática alguns dos ensinamentos que tinha recebido. São inúmeras as vantagens desta prática na vida de qualquer pessoa, tanto a nível físico como mental e mais do que um desporto, é uma forma de vida, que nos abre horizontes, nos dá consciência e uma capacidade de olhar à nossa volta com outros olhos. Comparo muitas vezes o yoga com  o surf por isso mesmo. Também sei que, naturalmente, há muitas pessoas que não se identificam, que acham parado e que não têm paciência e também não é minha intenção convencer ninguém. Por isso, venho apenas falar-vos, na primeira pessoa, de benefícios físicos da prática durante a gestação deixando o lado espiritual para outro dia. Às 25 semanas as dores lombares têm sido a minha maior queixa. Com o peso da barriga, tenho tendência a compensar esforçando as costas e durante a noite a minha postura não deve ser a melhor. Alongar as costas tornou-se a minha salvação, juntamente com o treino de flexibilidade na zona pélvica e os exercícios de respiração. Eu acredito que a prática me ajuda durante a gestação e vai ser fundamental no momento do parto. Om Shanti ॐ

3 comentários:

  1. Estás tão gira Ritinha :) Uma das minhas resoluções deste ano é precisamente começar no Yoga ou Pilates! Este mês ainda não consegui, mas de Fevereiro não passa!! Um beijinho!

    ResponderEliminar